Na manhã desta terça-feira (23), a Agência Nacional de Águas (ANA) receberá representantes de Comitês de bacias e de agências federais para uma reunião de apresentação do 8º Fórum Mundial da Água, evento que promete reunir cerca de 30 mil representates de mais de cem países, entre os dias 18 e 23 de março de 2018 em Brasília, para discutir temas relacionados aos recursos hídricos e promover a maior conscientização coletiva a respeito dos temas ligados a água. Com o tema “Compartilhando Água”, o Fórum ocorre pela primeira vez no hemisfério Sul.

No evento desta terça, a equipe da ANA que se dedica ao Projeto Legado, vai apresentar as propostas de aperfeiçoamento da Política Nacional de Recursos Hídricos e do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH), e receberá contribuições dos representantes de comitê de bacias e agências federias, para consolidação ao final do processo, previsto para novembro deste ano. O Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Piancó-Piranhas-Açu foi convidado pela ANA e estará representado pelo seu presidente, engenheiro-agrônomo José Procópio Lucena.

“Nesta reunião esperamos contribuir com temas que consideramos relevantes para o enfrentamento da crise hídrico e aperfeiçoamento do arcabouço jurídica existente no país sobre recursos hídricos, principalmente, em questões como: participação social na gestão dos recursos hídricos; reuso de água; gestão hídrica em açudes e rios intermitentes no semiárido brasileiro; papel do Sistema de gerenciamento dos recursos hídricos em momentos de crise como esse que estamos passando; integração entre políticas públicas de meio ambiente e recursos hídricos, financiamento e fortalecimento dos comitês; cobrança pelo uso da água e pagamentos por serviços ambientais para os que cuidam das nascentes e matas ciliares de nossos rios”, destacou Procópio.