O Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu participou nesta terça-feira (27/03) da apresentação dos Estudos de Concepção e de Viabilidade Técnica, Econômico-Financeira e Ambiental e Elaboração do Projeto Básico de Sistemas Adutores da Região do Seridó. A apresentação aconteceu durante a 39ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do RN – CONERH, na sede da Semarh, em Natal.

Representado o CBH PPA estiveram o presidente, Paulo Varella, e o segundo secretário, Procópio Lucena. O objetivo do projeto de adutoras para o Seridó é garantir o suprimento de água para consumo humano e atividades produtivas na região.

“O estudo tem caráter bem amplo, pois avalia toda a disponibilidade hídrica já existente, a população de agora até 2070 e vendo quais as necessidades de importar água de outras regiões para a região do Seridó. Portanto, o objetivo é buscar uma garantia hídrica para essa região. É complexo e profundo que terá um resultado bastante positivo para o Seridó”, disse Paulo Varella, presidente do CBH PPA.

De acordo com Rômulo Macedo, engenheiro responsável pela Engecorps, empresa produtora do estudo, “Os reservatórios do Seridó, segundo a nossa pesquisa, tem capacidade de ofertar água para o consumo humano até 2070. Em breve vamos apresentar um estudo de alternativas de engenharia hídrica para resolver o problema hídrico do Seridó e, em seguida, vamos escolher as melhores e definir as questões de viabilidade econômica. Depois desses procedimentos, o estudo será entregue para a Semarh que vai em buscar de recursos para viabilizar os recursos para a construção das adutoras”, explicou.