As comportas do Açude Curema (Barragem Estevão Marinho) serão fechadas no período de 10/12/2018 a 16/12/2018. A Agência Nacional de Águas (ANA) concedeu ao DNOCS a autorização para execução de serviços de recuperação hidromecânica. No dia 17/12/2018, a partir das 8h, a abertura será retomada

Para assegurar a continuidade das captações de água nos rios Piancó e Piranhas, nas condições estabelecidas no Termo de Alocação de Água 2018/2019, foi solicitado ao DNOCS que às 08h00 do dia 07/12/2018 seja realizada a descarga do açude Mãe D’Água (barragem Egberto Carneiro da Cunha) para o rio Aguiar a jusante, à vazão de 3,0 m³/s. A descarga de 3,0 m³/s do açude Mãe D’Água deverá ser interrompida em 17/12/2018, após restabelecimento das descargas do açude Curema para o rio Piancó.

A ANA ainda solicitou ao DNOCS e à CHESF que avaliem a possibilidade de realização dos testes de operação da válvula anular do adutor n.º 01 no dia 17/12/2018, quando serão retomadas as descargas a partir do açude Curema. Já com relação ao Canal da Redenção, a ANA solicitou à AESA que sejam adotadas providências no sentido de instalar e manter em condições operativas o sistema de bombeamento de água do açude Mãe D’Água, pois estima-se que sua operação por gravidade seja impossibilitada em meados de dezembro de 2018.

A liberação dos serviços foi feita pela ANA conforme entendimento com a Coordenadoria do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS no Estado da Paraíba, com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba, com o Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte, e tendo em vista a aprovação unânime na 19ª Reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu, realizada nos dias 29 e 30 de novembro de 2018 em Sousa-PB.

Confira o cronograma:

10/12/2018 às 08h00 – Fechamento das comportas de montante e interrupção total da descarga a jusante;

17/12/2018 a partir de 08h00 – Retomada da descarga para o rio Piancó a jusante à vazão de 3,0 m³/s, preferencialmente a partir do adutor n.º 01, uma vez que os serviços de recuperação e instalação da válvula anular encontram-se em fase conclusiva.

Clique AQUI e confira o Ofício Circular da ANA.