Os 10 municípios paraibanos com maiores volumes de chuva registrados no mês de março estão localizados no Sertão. Conforme dados coletados pela Agência Executiva de Gestão de Águas da Paraíba (Aesa), a cidade com maior volume de chuva em março foi Cachoeira dos Índios, com 337 milímetros, cerca de 153% da quantidade de chuva esperada para o mês, conforme Aesa.

As outras duas cidades que se destacam pelo grande aporte de chuvas são Bom Jesus com 318 milímetros e Conceição com 309,9 milímetros. Ainda de acordo com dados da Aesa, seis das 10 cidades sertanejas que já eram monitoradas pelo governo registraram chuvas acima do esperado para o mês de março.

Dez cidades da Paraíba com maiores volumes de chuva em março

Cidade Volume (mm) % em relação ao previsto
Cachoeira dos Índios 337 153,7
Bom Jesus 318,3
Conceição 309,9 149,3
São Bentinho 294,9
Santa Terezinha 293,5 131,6
Bernardino Batista 289,1
Sousa 285,1 129
Lagoa 284,5
Condado 281 130,8
Cajazeiras 278,4 114,3

O grande volume de chuva permitiu que grande parte dos reservatórios de água do Sertão fosse recarregada. Dois açudes paraibanos deixaram a categoria de estado crítico, quando estão abaixo de 5% da sua capacidade, um deixou a categoria em observação, quando o reservatório tem mais de 5% e menos de 20%, e outros três entraram na categoria que indica volume acima dos 20%, considerados parcialmente recarregados.

Das cidades sertanejas que apresentaram quantidades consideráveis de chuva, o reservatório Cachoeira da Vaca, na cidade de Cachoeira dos Índios, somente no mês de março, houve uma recarga d’água de 66.863 m³, permitindo que o açude passasse de 60,33% em fevereiro para 80,05% em março de sua capacidade total.

Em Conceição, por sua vez, as recargas em seus três reservatórios foram menores percentualmente se comparada ao reservatório de Cachoeira dos Índios, porém registrou um grande aumento no volume total de água. Somando a recarga registrada nos três reservatórios de Conceição: Serra Vermelha I (507.454 m³), Condado (382.400 m³) e Video (24.094 m³), houve uma recarga total de 913.948 m³ com as chuvas na cidade.

No caso das duas cidades sertanejas mais populosas que estão na lista das 10 que mais choveram no mês de março na Paraíba, Sousa e Cajazeiras também se destacam pela recarga de seus reservatórios.

O reservatório São Gonçalo teve um aumento de 2.624.380 m³, passando de 36% para 41% do total de sua capacidade que é de 44,6 milhões de metros cúbicos de água. Por sua vez em Cajazeiras, que conta com dois reservatórios, o aumento do seu principal reservatório, Engenheiro Ávidos, a recarga foi de 2.194.220 m³.

De acordo com dados da Aesa, na Paraíba, até esta segunda-feira (1°), dois dos 129 reservatórios monitorados estavam “sangrando”, acima de sua capacidade total. O açude de Emas, cidade no Sertão, estava com 102% de sua capacidade, enquanto o açude Olho D’água em Mari, a 60 km da capital João Pessoa, havia alcançado 100% da sua capacidade no domingo (31).