A vazão liberada pela comporta do açude Santo Antônio, em São João do Sabugi/RN, é de 1.140 l/s. Essa foi a informação confirmada pelo técnicos após a abertura da comporta, que aconteceu na manhã desta terça-feira (03/09) no reservatório. Estiveram presentes no local, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu (CBH PPA), membros Comissão de Acompanhamento do Termo de Alocação de Água do Sistema Hídrico Sabugi, técnicos do DNOCS e da Project.

“A comporta do açude foi aberta em sua descarga máxima. Está sendo liberado 1.140 l/s e as manobras operativa foram feitas por técnicos do DNOCS. As medições das vazões de descarga foram feitas pelo Escritório Técnico da Bacia Hidrográfica do Rio Piranhas-Açu-Project”, destacou Procópio Lucena, segundo secretário do CBH PPA.

O Comitê e a Comissão acompanharão e monitorarão o avanço da água ao longo de 20 km da calha do rio Sabugi e solicitarão a redução da vazão liberada para 20l\s, quando a barragem da Vila II do Perímetro Irrigado Sabugi estiver em sua capacidade máxima e sem transbordamento.

“Fizemos a comunicação aos responsáveis pela gestão das barragens do DNOCS, Barra da Cachoeira, Servi/Gilton e Carrapateira para abertura de suas comportas e o seu fechamento deverá acontecer quando a comissão e o comitê solicitarem”, explicou Procópio.

Atualmente, o reservatório está com 24,5 milhões de metros cúbicos de água e, conforme foi definido no Termo de Alocação de água 2019/2020 do Sistema Hídrico Sabugi, o volume de água liberado do reservatório Santo Antônio para o rio Sabugi será no máximo de 3,6 milhões de metros cúbicos de água.