A Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó recebeu visita de dois auditores da Agência Nacional de Águas. Solange Matos e Carlos Souto são auditores internos da ANA e estiveram na Sede da Adese, em Caicó/RN, com o objetivo de auditar a execução do Termo de Parceria n° 001/ANA/2015 – SICONV nº 817049/2015 firmado entre a ANA e Adese, com vigência até junho de 2020.

A auditoria iniciou na segunda-feira (03/02) e finalizou nesta quarta-feira (05/02). Durante esses três dias os dois auditores reuniram-se com o Diretor-Executivo da Adese, José Vanderli de Araújo, e com os integrantes do Centro de Apoio ao Comitê da Bacia Hidrográfica dos rios Piancó-Pirnahas-Açu – CBH PPA, Emídio Gonçalves de Medeiros, Coordenador, Marcone de Medeiros Nunes, Secretário, Janaína dos Santos Francisco, Gerente-Financeira, e Rosa Maria Fernandes de Araújo, ASG.

“Atestamos uma execução bastante satisfatória do Termo de Parceria e deixamos alguns deveres de casa afim de identificar os resultados alcançados, que tem recursos financeiros públicos investidos. Diante mão, já podemos ver que vários resultados foram obtidos e, no geral, o Termo de Parceria tem uma execução bastante positiva. Toda a equipe é bastante competente e desempenharam muito bem o trabalho proposto. Dessa forma, fizemos um relatório de auditoria e os resultados são bastante satisfatórios”, explicou Carlos Souto.

De acordo com ele, “essa bacia é prioritária para a ANA e, certamente, temos todo interesse em continuar investindo e aplicando recursos para que a gente a veja sendo bem cuidada e evoluindo no seu tratamento. Para o próximo termo de parceria será publicado um edital que ainda não temos conhecimento, mas que já está sendo preparado pelo nosso departamento jurídico. Com certeza, o próximo termo de parceria já sinaliza que os investimentos na bacia continuarão”, salientou.

O Termo de Parceria teve sua publicação realizada no Diário Oficial da União no dia 1º Julho de 2015 com validade de cinco anos, tendo como objetivo a execução das atividades previstas em seu Plano de Trabalho, anexo ao Termo de Parceria, em apoio ao CBH Piancó-Piranhas-Açu.

O que nós buscamos com os investimentos públicos são os resultados. Dessa forma, nós percebemos que as reuniões do comitê e as suas deliberações são muito importantes e merecem, de fato, um acompanhamento. Com isso, acreditamos que a busca do resultado é o que realmente nos importa”, finalizou Carlos Souto.

Para Solange Matos, “o objetivo nessa auditoria é fazer a prestação de contas do contrato e analisar as conformidades da execução do Termo de Parceria. O nosso propósito é exatamente analisar como está a execução do termo junto a ANA. Com certeza, pudemos constatar que a execução vem sendo feita satisfatória e adequadamente”, complementou.

De acordo com José Vanderli de Araújo, “a auditoria é muito importante tanto para a ANA quanto para a Adese. Estamos falando de recursos públicos que estão sendo investidos em toda a Bacia Hidrográfica e, evidentemente, precisa de toda transparência possível. A presença do setor de auditoria da ANA mostra que o trabalho é transparente e eficaz”, finalizou.