As chuvas caídas no início do mês de novembro de 2020 foram positivas para o nível do Açude Curemas, maior reservatório do Estado da Paraíba. Os índices pluviométricos foram registrados durante a noite do dia 03/11 e a madrugada do dia 04/11 e divulgados pela Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão e Regularização Fundiária (EMPAER). Somente no município de Coremas/PB o registro foi de 108 mm. Além disso, vários municípios do Vale do Piancó também registraram chuvas.

Com essas chuvas do início do mês, o reservatório paraibano aumentou o seu nível. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas – AESA, no dia 03/11, o reservatório tinha 51,62%, o equivalente a 384.160.874,70 m³. Depois das chuvas, a situação melhorou. No dia 04/11, o reservatório paraibano já estava com 51,68%, ou seja 384.599.550,90 m³. Já no dia 05/11, o açude Curemas chegou a 52,16%, equivalente a 388.123.113,50 m³. Esse volume aumentou ainda no dia 06/11 e chegou a 52,28%, ou seja 389.007.910,20 m³.

Os números apontam que o açude Curemas recebeu 4.847.035,50 m³, ou seja quase cinco milhões de metros cúbicos D’água. Já o açude Mãe D’Água não registrou aumento da recarga e tem se mantido com o mesmo volume desde o início do mês de novembro. Os número são 286.311.648,90 m³, ou seja 52% da sua capacidade total.

Confira os registros em Coremas e no Vale do Piancó:

Coremas: 108,2 mm;

Curral Velho: 45,0 mm;

Emas: 77,6 mm;

Itaporanga: 85,8 mm;

Pedra Branca: 75,0 mm;

Piancó: 161,0 mm;

Santana dos Garrotes: 75,0 mm;

Serra Grande: 75,5 mm.